Atenção: se a sua DIB for posterior à 1999, esse artigo é pra você.

Caso a sua DIB seja em alguma data entre 1988 e 1999, clique aqui pra saber mais sobre as revisões antigas. E se a sua DIB for mais antiga ainda, clique aqui pra saber mais sobre a revisão ORTN.

Você pode iniciar esse cálculo de duas formas, olha só:

1- No menu lateral Clientes, após selecionar o cadastro do cliente que desejar, clique em Novo cálculo, no menu que se abrirá na área direita da sua tela.

2- No menu lateral Cálculos, clique em Novo cálculo, no canto superior direito da página, e preencha o nome do cliente para o qual deseja atribuir o cálculo. Se preferir, criar o cálculo a partir de um novo cliente.

Após essa etapa, você verá uma tela com a pergunta Que tipo de cálculo deseja realizar?

Selecione a opção Revisão.

O primeiro dado a ser informado é a DIB do benefício. Verifique a Carta de concessão e insira a data correta.

Após preenchida a DIB e selecionadas as opções desejadas, clique em Gerar cálculo.

O passo seguinte é cadastrar os períodos de contribuição. Na aba 1 Períodos de contribuição, você poderá importar os dados de um CNIS, ou adicionar manualmente.

Lembre-se sempre de comparar os dados inseridos com outras fontes, como o processo administrativo. Se os dados estiverem corretos, podemos passar para a próxima etapa.

Na aba 2 R.M.I., onde será possível cadastrar os salários de cada período de contribuição. Nessa aba, você também poderá importar os salários de um CNIS, ou adicioná-los manualmente.

Após, basta calcular o valor da causa. Acessando a aba 4 Valor da causa, você pode identificar o período desejado, e clicar em Calcular valor da causa para este benefício.

Após, é necessário adicionar o Benefício recebido (aquele que seu cliente já recebe do INSS). O resultado da diferença entre esses benefícios será o valor da causa. 😉

Artigos Relacionados:

Encontrou sua resposta?