Caso exista a necessidade de descontar a diferença entre aquilo que seu cliente deveria receber do INSS, e aquilo que de fato foi recebido, existe um quadro muito importante para o cálculo do valor da causa nos cálculos de restabelecimento, é o Benefício recebido.

Nele, preencha os valores originais do benefício que você quer revisar. São os dados do benefício que seu cliente recebe hoje e que você pode copiar da carta de concessão.

Com esses valores o CJ vai calcular a diferença entre a RMI revisada (a que você quer para o seu cliente) e a RMI original (quanto ele recebe antes da revisão).

Encontrou sua resposta?