Calcular a revisão dos valores do FGTS é uma tarefa tranquila no CJ! 

Se ainda não tiver criado o cliente no CJ, siga os passos desse artigo. Após a escolha do cliente, clique em “+ Novo Cálculo” (botão laranja na tela). Na opção “Que cálculo você quer?” selecione “Outro”.

Aparecerá essa aba:

Clique na opção “Ações de Revisão do FGTS”. O cálculo vai ser criado imediatamente!

Após nomear seu cálculo, você pode inserir: 

  • Termo final (clique no "i" azul para maiores informações)
  • Data de início da conta do FGTS 
  • Novo índice de atualização para o FGTS 
  • Juros da conta de FGTS (essa informação é mostrada no extrato, no campo Taxa Juros)

Preenchimento dos Valores

No passo seguinte, você deve adicionar os valores da conta. Você fazer isso apertando no botão “Editar Valores”.

Você pode adicionar os valores para o cálculo por duas formas, seja preenchendo as parcelas uma a uma ou importando valores que estão em um extrato (botão de Importação rápida do Extrato FGTS).

Caso deseje incluir manualmente, tenha o cuidado de inserir o valor correto, veja um exemplo:

Insira somente as parcelas com essa rubrica (Crédito de JAM) e use o valor da coluna da esquerda (R$ 0,69), já que o valor da coluna da direita (R$ 280,54) é o valor total somando o depósito de FGTS. Nesta etapa deve ser avaliada apenas a correção monetária.

Selecionado o botão de “Importação rápida do Extrato FGTS”, é possível copiar valores de um Extrato do FGTS ou importar esse documento. O programa vai mostrar as orientações necessárias para preenchimento da forma correta e no fim é só apertar no botão “Importar”.

Depois de realizar a importação, é só clicar no botão “Calcular Resultado”.

O Resultado é mostrado de forma simplificada, e no Relatório em PDF você verá todas informações que precisar, como a metodologia do cálculo, juros, índices utilizados e valores (por parcela e total). Consulte mais informações no item de informação (seta vermelha) e no Resultado em PDF (seta em azul).

Quer assistir um vídeo com o tutorial pra Revisão do FGTS? Clique aqui.

Encontrou sua resposta?