O CJ possui essa postura para evitar erros, inclusive na hora de evoluir a RMI, porque

A evolução da renda mensal de cada quota parte separada, pode resultar em diferenças e erros no valor da Renda Mensal Atualizada. Por isso, uma forma segura de realizar este cálculo no CJ é seguir estes passos:

I - Adicione a RMI pro sistema calcular a evolução da renda reajustada total normalmente

II - Baixe o relatório no formato “.xlsx” (Excel), ele estará no canto superior direito no Resultado da Liquidação de sentença ou do Valor da Causa:


Será necessário ir na aba “Diferenças a receber” se for uma Liquidação ou na aba “Parcelas Vencidas” sendo um cálculo de Valor da Causa.

Selecione todos os valores do cálculo, como do exemplo abaixo, e aperte na opção “converter em número”, apontado pela plaquinha.

III - Crie uma nova coluna denominada "x % Renda" pra mostrar a quota-parte de cada dependente (nesse exemplo vou considerar 2 dependentes - 0,5 ou 50% para cada um).
Use a seguinte fórmula: =0,5*J3 (no caso da imagem, mas encontre a célula do 1º mês de diferença corrigida).

IV - Recalcule a coluna “Diferença Corrigida” dividindo o valor já calculado pela quota-parte devida ao seu cliente.
Conforme a imagem abaixo, é só arrastar para baixo onde está o cursor do mouse que a fórmula é aplicada nos meses subsequentes.

Você pode usar esses passos no Valor da Causa e na Liquidação.

Pronto! Com esse guia e todo o conhecimento sobre o caso, você terá um relatório excelente e bem personalizado em mãos.

Encontrou sua resposta?